A Carta do Dia do Cidadão

O Dia do Cidadão é antes de tudo um estado de espírito: fazer coisas em conjunto para viver melhor em conjunto. Ao federar energias positivas, este evento visa incentivar a criação de laços entre habitantes e reunir todos os actores de um território (habitantes, associações, funcionários eleitos, empresas, serviços municipais…). Ao dar-lhes voz e promover os seus conhecimentos, cria as condições para a sua cooperação, desde a concepção até à execução de projectos conjuntos (trabalho para melhorar o ambiente de vida, renovação de instalações, projectos culturais, etc.). Dá assim a todos a oportunidade de se tornarem actores. Isto promove a cidadania activa e contribui para a apropriação de todo o bem comum.

Além de um evento pontual, o Dia do Cidadão propõe-se criar uma dinâmica de convivência, promovendo um sentimento de pertença e orgulho e permitindo a construção de uma relação diferente, baseada na confiança, respeito e intercâmbio, entre habitantes, agentes económicos, associações locais, funcionários eleitos e serviços municipais. A ajuda mútua, a solidariedade, a partilha de competências e experiências é assim a espinha dorsal deste dia.

  • A forma como funciona é baseada no trabalho voluntário. Todos são portanto livres de participar.
  • li>Permite o envolvimento de todos os habitantes (independentemente da idade, sexo, origem, origem social ou crença) num espírito de igualdade que favorece a partilha de competências.

    li>Porque ajuda a gerar uma convivência sustentável, o Dia do Cidadão é uma declinação concreta da fraternidade.

Os princípios fundamentais do Dia do Cidadão

A fim de garantir o espírito, o sucesso e a sustentabilidade do Dia do Cidadão, é aconselhável aplicar certos princípios tais como:

  • Envolver os cidadãos durante e a montante dos projectos.
  • Escutar e fomentar a confiança para encorajar a iniciativa.
  • Involver todos os habitantes numa perspectiva intergeracional.
  • Involver funcionários eleitos: tal como a comunidade, eles tornam-se companheiros e facilitadores da iniciativa cidadã.
  • Valor todos os participantes.
  • Activar a apropriação por todos do bem comum.
  • Seeking to integrate new residents.
  • Seeking to bolster and not compete with the economy.
  • Favoreça o bom humor e o convívio, particularmente organizando um tempo de
    convivência (refeição, aperitivo…).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *