ATOLE : l’ATtention à l’écOLE (Português)

ATOLE: Abordagem pedagógica para regulamentar a ATtenção na escola – Apresentação da parceria IEN Oullins / INSERM por Stéphane Garapon inspector nacional de educação no distrito de Oullins – Rhône

O distrito de Oullins trabalha há quase doze anos em colaboração com o Sr. Lachaux e as suas equipas, do Centro de Investigação em Neurociência de Lyon.
Os factores decisivos gerais permitiram que este trabalho notável se tornasse realidade hoje em dia, e alguns são particularmente dignos de nota:
– em primeiro lugar, a permanência durante vários anos de um projecto distrital coerente e estável, que favorece a emergência de uma cultura comum partilhada entre as escolas,
– depois a acção decisiva dos conselheiros educacionais no acompanhamento das equipas e no reforço da parceria,
– claro, a partilha cada vez mais enriquecedora com a investigação, realizada desde o início com respeito mútuo pelas competências uns dos outros,
– finalmente, a escolha feita de confiança e a construção conjunta do protocolo como alavanca de formação para as equipas, o que favorece a apropriação das ferramentas e a sua disseminação. Esta escolha dá responsabilidade aos actores; favorece o envolvimento diário dos professores nas aulas, sem os quais as fichas pedagógicas aqui apresentadas não teriam sido produzidas.bém aprendemos com esta aventura conjunta, para além da questão dos mecanismos de atenção e da sua consideração na vida quotidiana da sala de aula:
– primeiro, sobre as condições para uma parceria bem sucedida com a investigação: isto é ainda mais frutuoso e enriquecedor quando tem o efeito de confirmar (ou não) gestos ou intuições pedagógicas praticadas durante muito tempo nas aulas; permite então um verdadeiro retorno reflexivo das equipas sobre os seus gestos profissionais,
– sobre a questão dos efeitos do trabalho realizado com os alunos, então: visa antes de mais a mudança de atitude dos alunos, tornando-os actores, modificando o seu comportamento; tem assim efeitos rápidos nas aulas, o que favorece a sua divulgação entre os professores,
– sobre a questão da modificação dos gestos profissionais, também: as modificações induzidas dizem respeito à condução da aula, à estruturação das sessões, à explicação das expectativas e à clareza cognitiva; neste sentido, este projecto favorece a equidade nas práticas pedagógicas,
– finalmente, esta parceria reforça a benevolência: conduz a uma melhor identificação do que os estudantes são capazes ou não de fazer, em termos de atenção; neste sentido, traz os seus efeitos em prioridade para o benefício do sucesso dos estudantes mais esforçados.

As perspectivas deste projecto são numerosas, o que o torna excitante: a sua extensão ao colégio no contexto dos conselhos do ciclo 3, por exemplo, o interesse que as questões de atenção podem suscitar nos pais dos alunos, bem como as suas aplicações para as nossas próprias práticas profissionais como professores, formadores e inspectores, na gestão das nossas prioridades e da nossa própria atenção.

Encontrará abaixo uma apresentação do protocolo apresentado por Jean-Philippe Lachaux investigador no INSERM em Lyon; as fichas pedagógicas do protocolo ATOLE para lhe permitir descobrir o seu conteúdo e iniciar a implementação na sua aula; uma tabela destacando como ATOLE permite construir as competências S4C; dois slides utilizados na formação de professores com notas do formador

Temos o prazer de anunciar a implantação nacional do curso [email protected] ATOLE, atenção na escola. Pode registar-se através da plataforma ARENA, separador Formação. Assim que se inscrever, terá acesso ao curso, que o guiará passo a passo através da descoberta do projecto pedagógico e da criação de sessões em sala de aula. Todas as ferramentas e folhas para preparar as sessões estão disponíveis para download, sequência por sequência.

P>É possível aceder ao site oficial: https://project.crnl.fr/atole/

A abordagem ATOLE é para todos os alunos do ensino primário (jardim-de-infância + elementar). Para estudantes do ensino médio, a versão ADOLE é preferível. Trata-se de uma abordagem de educação para a atenção. Para que os alunos se apropriem das ferramentas propostas para a concentração e gestão da atenção, é também fundamental que todas as técnicas sejam sistematicamente transferidas para todas as disciplinas escolares, para rituais organizacionais ou animação de aulas, etc.

Assim, o formato actual do programa ATOLE não tem, até à data, uma vocação médica ou assistencial (remediação para crianças com TDAH, por exemplo). No entanto, muitos de vós informaram-nos da utilização das ferramentas ATOLE em consultas individuais (em apoio à aprendizagem para estudantes com necessidades educativas especiais, em consultas neuropsicológicas…): estamos interessados em ouvir o vosso feedback sobre estas audiências de crianças com distúrbios de desenvolvimento neurológico, ULIS, ITEP, audiências IME, etc.!

As novas características da versão 2018

– para descobrir o programa ATOLE como um todo bem como a sua filosofia: ir à parte “1-Descobrindo o ATOLE 2018” do kit educativo;

– para “ir directamente ao âmago da questão” e ter uma visão geral do próprio kit ATOLE, das sequências, do conteúdo das fichas educativas: ir à parte “3-O programa ATOLE 2018: sequências educativas / 31-Vista geral do programa”. Poderá consultar directamente a folha “sequência 0 – Preâmbulo”, bem como a folha “sequência 0 – suplemento – Guia de atenção para a utilização de qualquer documento adulto”.

– As sequências pedagógicas foram grandemente enriquecidas, e agora propomos mais modelos de ferramentas, bem como variantes de actividades: graças a todos os professores que partilharam as suas actividades e criações de ferramentas, graças aos quais pudemos enriquecer o programa ATOLE! Em particular, o catálogo de variantes foi alargado com novas propostas de actividades para as Maternelles.

Toda a equipa ATOLE agradece o vosso interesse… e a partilha em torno da abordagem ATOLE: deixamos-vos conhecer o novo kit pedagógico ATOLE 2018!

Cordialmente,

p>Bénédicte Terrier, para a equipa de investigação Inserm ATOLE

Sylvie Coustier, para a equipa do distrito de Oullins, Francheville, Craponne e Ste Foy Lès Lyon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *