Copernicus Programme

Copernicus é o programa global de observação da Terra da Comissão Europeia. Este programa único, então denominado GMES, começou em Baveno, Itália, numa conferência em Maio de 1998, onde foi decidido proporcionar à Europa um acesso contínuo, independente e fiável aos dados de observação da Terra para aplicações ambientais e para a segurança dos cidadãos.

Copernicus é correctamente apresentado como o programa de observação da Terra mais ambicioso até à data. Copernicus baseia-se em quatro “pilares”:

  • uma componente espacial (famílias de satélites Sentinel);
  • uma componente in-situ (que consiste em instrumentos de medição terrestres ou aéreos avaliando parâmetros relacionados com o estado dos oceanos, terra e atmosfera);
  • uma componente de normalização e harmonização de dados;

  • uma componente de serviços ao utilizador.

Pela sua componente espacial, abre uma nova era na forma de observar a máquina climática e de a compreender. Mostra que, para progredir no conhecimento do clima, os sistemas espaciais são instrumentos indispensáveis para compreender os mecanismos das alterações climáticas. Esta componente espacial é baseada em várias famílias de satélites e instrumentos, cada uma com quatro membros. Por outras palavras, Copérnico está concebido para durar os próximos 40 anos e para cobrir uma gama muito vasta de necessidades científicas. A Agência Espacial Europeia é responsável pela componente espacial de Copérnico e a Comissão Europeia financia-a.

p>Copernicus desempenha um papel político como nenhum outro antes dele. Pois, se as decisões políticas e económicas devem basear-se em dados científicos concretos, quem melhor do que Copérnico para esclarecer os nossos líderes sobre o estado real do Planeta e fornecer uma série de respostas a questões pendentes? Hoje em dia, embora as alterações climáticas já não estejam em dúvida, as previsões dos modelos climáticos divergem. Criam incertezas sobre o futuro do nosso clima, o que dificulta as medidas para limitar os seus efeitos. Estamos à espera que Copernicus refine estes modelos.

Um novo princípio de livre acesso aos dados

O acesso livre e aberto aos dados de satélite do programa Copernicus, introduzido pela componente “serviços de utilizador”, abriu uma nova era. Ao disponibilizar a grande maioria dos seus dados (análises, previsões e mapas) gratuitamente, Copernicus está a contribuir para o desenvolvimento de novas aplicações e serviços inovadores que vão ao encontro das necessidades de grupos específicos de utilizadores. Estas abrangem uma variedade de actividades económicas, culturais e recreativas. Mas também actividades relacionadas com a segurança dos estados e cidadãos.

Hoje (Janeiro de 2020), Copernicus tem seis famílias de satélites e instrumentos, e mais estão a ser considerados com novos serviços até 2025.

  • Sentinel 1: família de satélites encarregada das observações de radar diurnos e nocturnos de terra e oceanos;
  • Sentinel 2: família de satélites encarregada da observação óptica de média resolução de terra;
  • Sentinel 3: Uma família de satélites responsáveis pela observação multiespectral óptica, infravermelha e altimetria dos oceanos e superfícies terrestres;
  • li>Sentinel 4: dois instrumentos a bordo do Meteosat de terceira geração. Um espectrómetro UV e uma sonda IR encarregada de estudar a poluição atmosférica a partir da órbita geoestacionária. Missão intermédia pendente da chegada da Sentinela 5;

    Sentinela 5: instrumento Tropomi encarregado de estudar a química atmosférica a partir de uma órbita terrestre baixa. Embarcado a bordo do satélite Metop NG;

    li> Sentinel 6: família de satélites de altimetria responsáveis pela monitorização dia após dia e em tempo real, da subida dos níveis do mar e dos oceanos. Relay of Jason satellites.

>div>

Também estará interessado nisto

Interessado no que acabou de ler?
subscrever a newsletter The Daily: as nossas últimas notícias do dia. Todos os nossos boletins informativos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *