Diagnóstico de hipercorticismo (síndrome de Cushing)


I) Impacto do hipercorticismo

>LipóliseImpacto no sistema nervoso central
Mecanismos Clínicos Biologia
Catabolismo de proteínas Osteoporose, estrias roxas, amiotrófia dos membros, contusões, perda de cabelo e unhas …
Gluconeogénese aumentada Intolerância à glicose à glucose
Diabetes
Hiperglycemia
Facialdistribuição da gordura truncular Hipertrigliceridemia, hypercholesterolemia
Efeito corticoide mineral Hypertension Hypernatremia, hipocalemia, alcalose metabólica
Propriedade imunossupressora Tendência para infecções
Tendência para trombose venosa
Perturbações do sono, ansiedade, astenia, confusão, perda de memória, depressão …
Diminuição da actividade sexual nos homens

II) Clínicas associadas ao hiper-androgenismo

Hipertrofia do clítoris acne, hirsutismo, rouquidão da voz…

III) Diagnóstico biológico

A) Ionograma

Hipernatremia, hipocalemia, hiperglicemia

B) Hormonologia

– 17 esteroides keto e 17 esteroides hidroxídicos aumentados em urina 24H
– Cortisol livre de urina 24H aumentado
– (cortisol/ creatinina urinária livre de urina) na urina nocturna aumentou
– cortisol plasmático aumentado com interrupção do ciclo dia-noite (ensaio da meia-noite)
– cortisol salivar: limita o aumento dos níveis de cortisol relacionado com o stress da extracção de sangue
– perda de feedback exógeno de corticóides sobre a secreção adrenal: evidenciado por testes de travagem. – Teste “Minuto” de travagem: 1mg de Dexametasona tomado por volta das 23 horas e o nível de cortisol sanguíneo medido na manhã seguinte.
Na síndrome de Cushing, o nível de cortisol é elevado (sem travagem de secreção de cortisol)
– Teste de travagem “baixo”: são utilizadas doses mais elevadas de dexametasona

IV) Diagnóstico etiológico

A) Ensaio ACTH

– Plasma ACTH
– cateterização do seio petrosal inferior: o ensaio ACTH pode diferenciar entre secreção pituitária ACTH e secreção paraneoplásica.

B) Testes dinâmicos

– Teste de travagem forte: 8mg de dexametasona à meia-noite ou 2mg a cada 6H durante 2 dias (cortisol reduzido em 50% em 80% dos adenomas pituitários (doença de Cushing)
– Teste de estimulação CRF hipofisária
– Teste de estimulação de Metopirona

C) Imagiologia

– TC adrenalina
– RM da pituitária
– TC torácica, ressonância magnética abdominal, torácica: Para o diagnóstico da síndrome paraneoplásica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *