Felon (Português)

Citado em 1227, a aldeia fez parte do senhorio de Rougemont e da paróquia de Angeot até 1767, quando foi anexada à de Saint-Germain-le-Châtelet.
Os primeiros documentos que traçam a história do Felon datam do início do século XIII. Nessa altura, o Conde provincial OTTON II, tornou-se Conde de Habsburgos. Felon é o feudo da família De Felon, da qual encontramos em 1227 membros ligados à família dos Habsburgos. O felon foi mencionado em 1227 sob o nome de “Vuolon”, bem como sob dois outros nomes “Furlon” entre 1235 e 1241 e “Foulon” entre 1565 e 1585. É a partir desta data que o nome da aldeia é alterado para Felon.
Uma das hipóteses sobre a origem do nome da aldeia seria a existência de um moinho de enchimento neste local. Esta aldeia pertenceu à família imperial da Áustria até 1648, quando se tornou propriedade do Reino de França.
Até à Revolução, a aldeia fazia parte do senhorio de Rougemont, que dependia do condado de Ferrette. Composto pela paróquia de Angeot até 1767, Felon tornou-se então vicariato de Saint Germain de 1808 a 1824. É apenas em 1833 que uma portaria do Rei Luís Filipe I, reconhece oficialmente a autonomia da paróquia.

Depois de estar ligado ao cantão de Fontaine, o Felon está desde 1984 ligado ao de Rougemont-le-Château.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *