Imersão cultural: O Valor Real de Estudar no Estrangeiro

Estudar no estrangeiro é uma experiência única e gratificante, mas o maior benefício de estudar no estrangeiro continua a ser a imersão cultural. . Dá-lhe acesso a algumas das melhores formações em todo o mundo, por vezes em áreas de estudo que não são ensinadas no seu próprio país. É frequentemente uma educação que o aproxima das suas verdadeiras paixões e das melhores oportunidades para os seus planos de carreira. Longe dos seus entes queridos, é deixado à sua sorte e aprende a defender-se por si próprio, ganhando independência e autonomia.

Uma experiência enriquecedora

Estudo no estrangeiro é uma oportunidade para descobrir novas culturas. Entramos em contacto com formas de pensar radicalmente diferentes das nossas. Isto impele-nos a ter uma mente mais aberta, a aprender a coexistir e a aceitar a diferença. Ao estudar no estrangeiro, vive como um local e está directamente exposto à cultura do país. Obtém-se uma melhor compreensão de aspectos como o património cultural e musical, tradições e costumes familiares, valores, etc. É uma experiência enriquecedora que alarga os seus horizontes de pensamento.

A imersão cultural impulsiona a criatividade

Exposição a diferentes culturas pode ser um verdadeiro catalisador para a criatividade. Isto de acordo com um estudo publicado no Boletim de Personalidade e Psicologia Social. Os investigadores observaram e mediram o grau de criatividade em dois grupos de estudantes: alguns que tinham vivido no estrangeiro e outros que nunca tinham viajado para o estrangeiro. O resultado foi que os estudantes que tinham experimentado a imersão cultural no estrangeiro mostraram significativamente mais criatividade nos testes propostos pelos investigadores. A razão é que o estímulo da criatividade está ligado à abertura de espírito que ocorre quando se adapta a uma nova cultura. Assim, ao expandir os seus horizontes de pensamento, estudar no estrangeiro permite-lhe aumentar a sua criatividade.

Uma imersão linguística também

Imersão cultural é também uma imersão linguística. Pode-se usar uma língua estrangeira com mais frequência, interagindo com os locais. Aprende-se fórmulas comuns. Compreende as estruturas da língua em acção. Compreende as formas de pensar em que língua se baseia. Esta é uma das melhores formas de aprender uma língua estrangeira e de a dominar. Assim, estudar no estrangeiro pode também ajudá-lo a aperfeiçoar a sua aprendizagem de línguas mais rapidamente.

Um caminho para a auto-descoberta

Estudo no estrangeiro é uma experiência inovadora e gratificante. Permite-nos aprender mais sobre nós próprios. Confrontados com um ambiente totalmente diferente do nosso, somos confrontados connosco próprios: como lidamos por nós próprios? Como reagimos à alteridade e à diferença? Como é que fazemos novas ligações? Como superar mal-entendidos e dificuldades de comunicação? Tantas coisas que descobrimos sobre nós próprios na imersão cultural. É uma experiência que nos impulsiona a conhecermo-nos melhor e a desenvolvermo-nos para enfrentarmos novos desafios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *