Psychocriminology

2432 palavras 10 páginas

Psychocriminology Contents I. Definição 1. 1. 2. 2. 2.
O que é a psicocriminologia? História da Criminologia
II.
Especificidades da profissão 1. 1. Nível educativo 2. 2. Contratação Os interesses da Psicocriminologia 1. 1. O estudo do comportamento 2. 2. Uma luta contra o crime
III.
Bibliografia I. Definições 1. o que é a psicocriminologia? A psicocriminologia (ou psicologia criminal) é um ramo do campo da criminologia. É portanto necessário primeiro definir o que se entende por “criminologia” e depois definir a importância que a psicologia pode ter neste campo de estudo. A Criminologia é um campo bastante difícil de definir. De facto, muitos autores tentaram fazê-lo sem conseguirem chegar à unanimidade. Pode dizer-se facilmente que a criminologia é a ciência do fenómeno criminoso, mas isto lança pouca luz sobre o seu papel exacto, tal como a definição dada por Durkheim: “Chamamos crime a qualquer acto que seja punido, e fazemos do crime assim definido o objecto de uma ciência especial chamada criminologia. “. Se o crime é o que é punido, então o objecto da criminologia é definido por uma cultura, pois é a cultura de um povo que define o que deve ou não ser punido. A criminologia também pode ser considerada como uma aglomeração de disciplinas dedicadas quer ao estudo da realidade criminal, quer ao estudo dos factos processuais, quer ao estudo da defesa contra o crime, como a antropologia criminal, a psicologia criminal, a sociologia criminal, o estudo da administração da justiça criminal, a medicina forense, etc. A psicologia traz para o estudo do crime uma análise dos processos psíquicos do infractor individual. O mesmo se aplica à associação de vários indivíduos. O estudo do significado do comportamento delinquente para o perpetrador, mas também para a vítima, a sociedade, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *