Ramsay SantéClinique des Trois Cyprès (Português)

Ramsay Générale de Santé é o principal hospital privado pan-europeu e grupo de cuidados primários. O grupo tem actualmente 36.000 empregados e trabalha com cerca de 8.600 profissionais.
Presente em 6 países, França, Suécia, Noruega, Dinamarca, Alemanha e Itália, o grupo trata mais de 7 milhões de pacientes por ano nas suas 310 instalações. Em França, 1 em cada 10 franceses que foram operados no ano passado foram operados num dos estabelecimentos do grupo.
Ramsay Générale de Santé cobre toda a cadeia de cuidados, em três linhas de negócio: Medicine-Surgery-Obstetrics (MCO), Follow-up and Rehabilitation Care (SSR) e Mental Health. O grupo oferece quase todos os tratamentos médicos e cirúrgicos. Em França, o grupo tem as mais altas classificações de qualidade/segurança de acordo com as certificações da Haute Autorité de Santé. nde quer que esteja presente, o grupo participa em missões de serviço de saúde pública e na rede de saúde do país.odos os anos, o grupo investe na inovação (mais de 150 milhões de euros só no mercado francês) em novas tecnologias cirúrgicas e de imagem, e na construção e modernização de estabelecimentos. Também inova ao serviço dos pacientes com novas ferramentas digitais e desenvolvendo as suas organizações para melhorar a eficácia dos cuidados, como demonstrado pelo acompanhamento dos tempos de espera em tempo real na maior parte dos seus departamentos de urgência em França numa aplicação.lém disso, Ramsay Générale de Santé é um actor reconhecido na Investigação e Educação. E a sua Fundação, principalmente dedicada à prevenção sanitária, está a desenvolver numerosas acções para encontrar as ferramentas para mudar o comportamento das pessoas, tais como o Prevent2Care Lab, uma incubadora para “prevenção sanitária” start-ups.
A Clinique des Trois Cyprès acolhe em tempo integral e a tempo parcial cerca de uma centena de adolescentes, jovens adultos e adultos em três sectores distintos para as seguintes perturbações: ansiedade, depressão, comportamento, fobia escolar e/ou social, psicose, fibromialgia. erá responsável pelo cuidado dos pacientes no sector adulto, trabalhando com a equipa do serviço (psiquiatras, psicólogos, educador desportivo, dietista, artrópata, sofrologista, etc.).
Missões confiadas:
Gestão de riscos suicidas
-Análise, organização e avaliação dos cuidados de enfermagem e sua prestação (por prescrição médica ou no próprio papel do enfermeiro)
-Educação, formação, prevenção e controlo de infecções e contágios
delegação e controlo de cuidados
cuidados relacionados com as funções de manutenção e continuidade da vida em caso de diminuição da autonomia do paciente ou de um grupo de pacientes
identificação das necessidades do paciente, o estabelecimento de um diagnóstico e o estabelecimento de objectivos de cuidados
-A implementação de acções apropriadas e as suas avaliações
-A elaboração de protocolos de cuidados sob a iniciativa de cuidados
-Assuring oral and written transmissions with the multidisciplinary team
-Awareness of the latest events using care planning and patient records
-Assuring the distribution of medication, validação da rastreabilidade e acompanhamento associado
Assistência e apoio psicológico
-Relação de apoio terapêutico
-Bem-vindos e integração de novos profissionais e formandos
-Supervisão e avaliação de enfermeiros estagiários e assistentes de cuidados
-Gestão de permissões (partidas e chegadas)
Participação e intervenção em workshops terapêuticos no âmbito do ITP
Atividades relacionais:
-Participação na recepção de pacientes
-Observação e monitorização de perturbações comportamentais
-Avaliação da cadeia
-Fomentar a comunicação e a relação com o paciente, entre pacientes e com as famílias
-Dentrevistas de enfermagem
-Facilitar e supervisionar as actividades e acompanhamentos do paciente
-Monitorizar a aplicação do PTI
-Actividades administrativas:>-br>-Actualização do ficheiro do paciente
-Aplaneamento dos cuidados e actividades terapêuticas
-Colhendo dados necessários para o ITP
-Actualização dos movimentos (entradas e saídas de pacientes)
-Aplaneamento e organização dos cuidados (reuniões institucionais, reuniões de equipa…)
-Participação no processo de qualidade e certificação do estabelecimento
-Gestão e controlo do equipamento de emergência
/p>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *