Terapia Craniossacral


De acordo com a Fundação J.E. Upledger

Movimento é vida!

*O que é a Terapia Craniossacral (CST)
CST é um método terapêutico com o objectivo de facilitar a auto-regulação do corpo através de técnicas manuais suaves. Ajuda o CORPO e a MENTE a libertar tensões inscritas por traumas físicos e emocionais. É uma abordagem global e dinâmica que acompanha a pessoa na procura de bem-estar, permite à pessoa descobrir-se a si própria ouvindo o que está a acontecer no seu coração.

Terapia Craniossacral SOMATo-Emocional (SER) é a parte da terapia craniossacral, na qual ocorre a libertação de bloqueios de origem emocional/energética – libertação através da comunicação consciente consigo e com o seu corpo.

Mais informações: https://craniosacree.be/therapie-cst/#exemples

Como? “Despertar a memória corporal”

Causas físicas, emocionais e energéticas podem causar bloqueios no nosso corpo e limitar-nos na nossa relação com o mundo. A informação relacionada é armazenada na nossa memória de tecidos e pode ser despertada através de contacto terapêutico.

Onde a mobilidade interna do corpo é limitada, o terapeuta colocará as suas mãos com precisão e gentileza. Com este toque e uma comunicação verbal, ele acompanha o paciente para estar em contacto com o seu sentimento profundo e assim facilita, a comunicação entre a PSYCH (consciente/desconsciente), a EMOÇÃO e o CORPO do paciente. Este último pode assim entrar em contacto com o seu “conhecimento interior”.

* De onde vem a terapia craniosacral?

Dr. John Upledger (1975) desenvolveu a terapia craniosacral a partir da osteopatia, com base nos mesmos fundamentos anatómico-fisiológicos, integrando os princípios básicos da psicologia humanista (Carl Rogers). Ele concebeu um conceito brilhante. Excelente porque é uma abordagem holística, prática e simples na sua aplicação, em que corpo e mente são colocados em comunicação na mesma abordagem terapêutica.

Share:

WordPress:

Eu gosto de carregar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *