The Mosquito, o Assassino Mais Perigoso do Mundo

p> Este relatório do Discovery Channel, Mosquito, a Ameaça do Século, coloca um dos piores assassinos do mundo, a malária, diante dos nossos olhos, afectando mais de 200 milhões de pessoas na Terra. Mosquito é o mosquito. Mais precisamente, os anopheles. Para saber tudo sobre este flagelo, que sabemos combater mas não destruir, veja a reportagem completa, transmitida no início de Julho e disponível em replay em SFR bouquets.

O Anopheles, o mosquito vector da malária, é o animal mais perigoso do mundo. Mata muito mais seres humanos do que qualquer outra espécie animal. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), quase metade da população mundial foi exposta à doença em 2015, com 212 milhões de casos de malária notificados e 429.000 mortes.

Estes vectores mosquiteiros prosperam em ambientes tropicais. Graças ao calor e à humidade, o insecto vive muito tempo e reproduz-se rapidamente. Uma vez que ele (ou melhor, ela, uma vez que só as fêmeas mordem) come três vezes por dia sugando sangue, o anófago transmite o parasita que transporta de forma muito eficiente.

África concentra 90% dos casos de malária

A OMS observa que a incidência da doença diminuiu 21% entre 2010 e 2015 e que a taxa de mortalidade também diminuiu, em 29%. Assim, os esforços estão a dar frutos. No entanto, a África continua fortemente afectada, concentrando-se (ainda em 2015), 90% dos casos e 92% das mortes.

Isto é mostrado neste vídeo, retirado de um relatório do Discovery Channel, Mosquito, a ameaça do século. Como as imagens mostram, são as crianças que são mais afectadas, especialmente antes dos cinco anos e especialmente se não forem tratadas, porque as suas defesas imunitárias ainda são demasiado fracas. Mesmo quando sobrevivem e há danos cerebrais, retêm incapacidades permanentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *