TLFi (Português)

THYMUS, masc. subst.

ANAT. Um órgão embrionário no tórax anterior, anterior à traqueia e grandes vasos, constituído por dois lóbulos, diminuindo de volume após o segundo ano de vida. Papel, fisiologia do timo; patologia, tumores do timo; timo de cordeiro, bezerro (synon. ris3). Encontrámos (…) tímpanos anormais pela sua persistência e volume em doentes tuberculosos e sifilíticos (Prat. médico-chir,Paris, Masson, vol. 6, 1907, pp. 450-451). O timo, formado na criança recém-nascida e jovem de 2 lóbulos achatados que salta o esterno no topo, atrofia com o progresso da idade (G. Gerard, Anat. hum., 1912, p. 120).

REM. 1.

Thymectomy, fem. subst.,cirurg. Remoção total ou parcial do timo. Muitos autores afirmaram a sua natureza endócrina; a Comsa, em 1950, anunciou mesmo a descoberta da hormona tímica. Selye, em 1948, não observou alterações significativas consistentes tanto após a timectomia como após a injecção de extractos tímicos (Bariéty, Coury, Hist. med., 1963, p. 777).
Thymine, fem. subst.,biochem. Uma base derivada da pirimidina, primeiro isolada do timo, que entra na formação de células nucleicas. Os rácios das quantidades de adenina e tiamina são ditos próximos de 1 (Privat de Garilhe, Acides nucl., 1963, p. 99).

Prononc. e Orth.: . Att. ds Ac. dep. 1878. Etymol. e Hist. 1541 (Loys Vassee. – P. Med., 57, 579 ds Quem. DDL t. 1). Med. lat. word, transcr. da gr. θ υ υ μ ο ́ ς “crescimento carnal”. Bbg. Quem. DDL t. 5 (s.v. thymine). – Steudel (J.). Timo. Em: . Stuttgart, 1968, pp. 381-384.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *