Voice Data Image (VDI) network

p>Home >Terceiro domínio >Voice Data Image networks p>Voice Data Image networks estão presentes em todo o lado em edifícios terciários mas também nas nossas casas.Eles fornecem os meios de telecomunicações para telefonia, televisão, vídeo, etc.Mas quais são as regras para instalar uma rede VDI?
Que cabo deve ser usado para fazer uma rede de telecomunicações?
As respostas a estas perguntas e muito mais informação sobre redes V.D.I. estão presentes nesta página.
– 1. Apresentação
– 2. Composição de uma rede (Voz – Dados – Imagem)
– 3. Ligação virtual de uma baía de remendos e do seu equipamento de comunicação
– 4. Os diferentes tipos de cabos de par trançado de 4 pares para rede VDI
– 5. Comprimento máximo de uma ligação VDI
– 6. Regras de implementação de cablagem VDI
– 7. Conectores e tomadas
– 8. RJ45 tomada e conector de parede da convenção de fiação
– 9. RJ45 LEGRAND método de ligação do conector (tomada de parede)
– 10. Método de ligação de um cordão recto (cordão de queda ou de remendo)
– 11. Comissionamento de uma instalação V.D.I.
– 12. Trabalhos Práticos (PT) Tópicos
h2> 1. Apresentação:

Uma rede V.D.I. (Voice Data Image) permite transmitir no mesmo meio (cabo de 4 pares):

– Comunicações de voz ou internas entre aparelhos telefónicos ou com o exterior (central telefónica).

– Dados: Permitir a transmissão de dados entre estações de computador.

– Imagens: Permitir a transmissão de vídeo (câmara de segurança, videoconferência…).

br>

2. Composição de uma rede (Voz – Dados – Imagens):

Todos os pontos de utilização (terminal de computador, telefone, etc.) são trazidos de volta ao armário de patch por um cabo cujas 2 extremidades são conectores do tipo RJ45 fêmea.

O cablagem VDI completo (cabo de rede, cabo de queda, cabo de patch) é feito com 4 cabos de par trançado (4 pares = 8 condutores).

>th>>Active

Elements Data/Computer Voice/Telephony
O interruptor está encarregado de interligar as estações informáticas e de dirigir os dados. O comutador automático é responsável pela interligação dos aparelhos telefónicos.
Passive O divisor permite a interligação entre o comutador (ou comutador automático) e os aparelhos do utilizador (computador, vídeo ou telefonia).
Fornecimento de energia Painel de fornecimento de energia que consiste em tomadas de alimentação que alimentam o interruptor e o interruptor automático.

Para atribuir uma tomada RJ45 montada na parede para uso telefónico, basta colocar um cabo de patch no armário de patch entre o conector correspondente (divisor) e um canal do interruptor automático.

Para atribuir uma tomada de parede ao uso do computador, tudo o que precisa de fazer no armário de patch é colocar um cabo de patch entre o conector correspondente (divisor) e um canal do interruptor.

exemplo da ligação V.D.I. de um compartimento de remendo incluindo um PABX, um interruptor um divisor, um inversor para a comunicação de 2 computadores, 2 telefones analógicos ou IP e uma câmara.'une baie de brassage comprenant un PABX, un switch un répartiteur, un onduleur pour la communication de 2 ordinateurs, 2 téléphones analogiques ou sur IP et une caméra.

3. Ligação virtual de um patch bay:

A partir desta animação é possível apresentar ao aluno as possibilidades de ligações de um pequeno patch bay e dos seus componentes (PABX, switch, divisor). s dispositivos comunicantes são 2 telefones (analógicos ou IP), uma câmara em IP e 2 computadores portáteis.
A animação não valida a ligação, deve ser verificada pelo professor.

flash animação que permite fazer a ligação V.D.I. do compartimento de patch incluindo um PABX, um switch um divisor, um inversor para a comunicação de 2 computadores, 2 telefones analógicos ou IP e uma câmara fotográfica. Patchbay animado.'une baie de répartition.

4. Os diferentes tipos de cabos de par trançado de 4 pares para rede VDI:

FTP (F/UTP): Par Entrelaçado Fraccionado STP (U/FTP): Par Entrelaçado Blindado SSTP (S/FTP): Par Trançado Blindado e Blindado
UTP (U/UTP): Par trançado não blindado Os diferentes cabos de 4 pares utilizados numa rede VDI
SFTP (SF/UTP): Par Trançado Blindado e Blindado

5. Comprimento máximo de uma ligação VDI:

A distância entre o Switch e uma estação de computador deve estar entre 0,6 metros e 100 metros (incluindo patch cords).

Comprimento máximo de uma rede VDI'un réseau VDIComprimento máximo do cordão de queda + patch cords = 10 metros
Comprimento máximo do patch cords = 90 metros
h2> 6. Regras de implementação de cablagem VDI:

Estes cabos transportam sinais de frequência muito alta, o que requer precauções especiais ao manuseá-los e ao colocar a rede.

O tambor do cabo deve ser armazenado longe da humidade. Os cabos não devem ser pisados, nem devem ser deixados debaixo de objectos pesados. cable drum
Um cabo VDI deve ser desenrolado, pelo que deve ser usado um enrolador de cabos. Não deve ser torcido ou deformado devido a dobragem.
O cabo não deve ser deformado. O raio de curvatura deve ser o maior possível e sistematicamente superior a oito vezes o diâmetro exterior do cabo.
r : Raio de curvatura
Øext : Diâmetro exterior do cabo
Raio de curvatura de um cabo de rede'un câble réseau
Um cabo cuja bainha tenha sido danificada deve ser mudado. Não tentar repará-lo (fita adesiva proibida). O cabo não deve ser danificado fixando-o
Proteger o cabo de arestas vivas por uma bainha.
O cabo deve ser fixado, sem sofrer deformação. O aperto dos grampos de plástico deve ser feito à mão (uso de alicate proibido).
Se o caminho do cabo VDI (corrente baixa) tiver de intersectar um tubo de uma autrenatura (corrente alta), este cruzamento deve ser feito com um ângulo de 90°.
A mesma distância entre os cabos de alta/baixa corrente deve ser mantida ao longo de todo o percurso. Esta distância é de pelo menos 5 centímetros nas partes horizontais e 30 centímetros nas partes verticais. Numa calha, uma parede divisória pode ser utilizada para conseguir a separação. Uso da parede divisória na calha'une cloison séparatrice dans la goulotte
Se a calha for utilizada para a distribuição, tomar uma calha com dois ou três compartimentos e utilizar o compartimento inferior para o cabo VDI. É necessário separar as correntes fortes e as correntes fracas com uma partição'aide d'une cloison
O cabo VDI deve passar a mais de 50 centímetros dos dispositivos perturbadores (balastro e arrancador do tubo fluorescente, motores, inversores, etc.)….)

7. Conectores e tomadas:

Cablagem de computador ou telefone requer a utilização de conectores normalizados para a ligação de diferentes equipamentos. Na telefonia existem tomadas do tipo RJ11 (4 contactos), RJ12 (6 contactos) e tomadas do tipo RJ45 (8 contactos). Na cablagem do computador é utilizada a tomada RJ45.

Apresentação das diferentes tomadas RJ11, RJ12, RJ45
h2> 8. RJ45 cablagem convenção tomada de parede e conector: Todas as tomadas devem ser cabladas de forma idêntica e repetida em ambas as extremidades do cabo de 4 pares de acordo com uma convenção de remendo.
Existem 2 normas das quais apenas os pares verde e laranja devem ser ligados de forma diferente. Os pares azul e castanho retêm fios idênticos.

O erro a evitar é misturar as duas convenções:

EIA/TIA 568A (EUA)

p>EIA/TIA 568B (Europa)

>th>Pin no.

>Cor 568A>Pair 568A>Cor 568B>Pair 568B>Localização Conectores
(painel frontal)

WhiteBlue

WhiteBlue

White Brown

White Brown

Brown

Brown

Sinais
1 TD (+) Saída Verde Branco 2 White Laranja 3 soquete RJ45
2 TD (-) Output Green 2 Orange 3
3 RX (+) Input Laranja Branco 3 Verde Branco 2
4 Atribuição livre Blue 1 Blue 1
5 Assignment grátis 1 1
6 RX (-) Input Orange 3 Green 2
7 Assignment free 4 4
8 Assignment Free 4 4

Standards e utilização determinam a que terminais nas tomadas RJ45 as várias aplicações devem ligar-se:

Acordo de Cabeamento de Equipamento Passivo (Tomadas RJ45).

9. LEGRAND RJ45 (tomada de parede) método de ligação:

O cabo não deve ser desencalhado por mais de 30mm (3cm).
Desviar cabo, o padrão exige que o par desviragem seja inferior a 13mm (1,3cm). Para além disso, torna-se difícil não degradar o desempenho.
Escolha a convenção de ligação e marcação do conector (568A ou 658B).
Desfazer o cabo durante aproximadamente 30mm sem dobrar ou torcer (Unsheath).Marcar cada extremidade com o marcador de cabo.
Desparar os pares endireitando os condutores. Espalhe os fios e organize-os de modo a cumprir o código de cores correspondente à convenção escolhida.
Empurre os condutores (Verde, Verde/Branco, Castanho/Branco e Castanho) para os seus respectivos locais. A bainha deve estar o mais próximo possível do conector. Fechar a aba A. Estes conectores não exigem a descofragem dos condutores. A ligação é automática quando a aba é fechada.
Empurrar os condutores (Azul, Azul/Branco, Laranja/Branco, Laranja) para as suas respectivas ranhuras. A bainha deve estar o mais próximo possível do conector. Fechar a aba B.
Para cumprir a norma (desatar menos de 13mm), cortar os condutores o mais próximo possível do conector.
Realizar a verificação da ligação (Verificação visual e teste estático).

10. Método de ligação de um cabo recto (cabo de queda ou patch cord):

Vídeo tutorial: como fazer, ligar um cabo RJ45 recto e a verificação da operação do cabo.
Vídeo tutorial: Como fazer, cablagem de um cabo RJ45 cruzado e verificação do funcionamento do cabo.

Na maioria das vezes, diz-se que os cabos são rectos, ou seja, que o contacto 1 de uma extremidade une o contacto 1 da outra extremidade, e assim sucessivamente até ao contacto 8.É o equipamento activo (interruptor) que se encarrega de atravessar os pares de transmissão e recepção.

A última operação é testar a montagem correcta do cabo (Static Test).

Este testador tem duas tomadas RJ45 fêmeas, nas quais basta inserir as extremidades do cordão.

A tomada à esquerda enviará por sua vez uma diferença de potencial eléctrico para cada condutor, indicando qual o condutor que está a ser testado na barra LED superior.

A tomada direita captará esta diferença potencial (se chegar tão longe) e indicará em que condutor por meio da barra LED inferior.

Para que o cabo seja funcional é necessário que os LEDs superior e inferior estejam sempre acesos ao mesmo tempo.

Techam o cabo durante cerca de 30mm sem o dobrar e sem o torcer (Stripper). desaquecemos o cabo em 3cm ou 30mm
Detwist os pares, endireite-os e posicione-os na ordem correspondente à norma 658B. Mantê-los no lugar entre 2 dedos e cortá-los no mesmo comprimento (cerca de 10mm da bainha). untwist os pares e endireitá-los
Introduzir os condutores na tomada. Observar a ordem (1 para a esquerda olhando para os contactos da ficha para cima, fecho na parte inferior). Certificar-se de que cada condutor está no seu devido lugar. Os condutores devem parar no fundo da tomada. Os condutores são inseridos na extremidade da tomada RJ45'embout de la prise RJ45
Utilizando o alicate de cravar, finalizar a montagem, colocar a tomada no entalhe do alicate tendo o cuidado de não retirar o cabo da tomada, depois fechar o alicate.

– Isto terá duas consequências:

– Forçar os condutores nas tomadas auto-roscantes na parte inferior da ficha.

– Cunha o cabo na bainha protectora, para evitar o rasgamento demasiado fácil da ficha.

crimping clip para fazer um cabo de rede (RJ45 RJ11 RJ12)
ligando o testador estático

11. Comissionamento de uma instalação V.D.I.:

A cablagem de rede deve ser verificada para aceitação do trabalho.

Esta verificação (chamada receita) verifica o desempenho da instalação.

Consiste em várias fases:

Inspecção visual da instalação:

Permite verificar visualmente se as regras de instalação foram respeitadas.

h3> Inspecção “eléctrica” estática:

Permite testar a ligação dos conectores (polaridades, continuidade, curto-circuitos, inversões e erros de cablagem) utilizando um testador estático.

Baixo custo do testador estático.

Exemplo, queremos verificar a ligação fixa da tomada de parede D01 ao conector D01 do divisor utilizando um controlador LAN.

Testar o funcionamento correcto da rede VDI utilizando um testador estático'aide d'un testeur statique

Conectar a caixa do transmissor ao conector D01 na placa de distribuição, depois ligar a caixa do receptor à outra extremidade da ligação fixa, ou seja, à tomada de parede D01.

Virar o transmissor, que enviará um sinal a cada condutor alternadamente e em ordem.

Observe o receptor e verifique se todos os LEDs acendem por ordem e sem excepção.

Realizar este teste em todas as ligações com fios.

Testar o bom funcionamento da rede VDI utilizando um testador estático'aide d'un testeur statiquebr>>>/div>
h3> Verificar o funcionamento com 2 computadores (PING):

É possível verificar o funcionamento da rede utilizando 2 estações informáticas.

Os computadores estão equipados com uma placa de rede e configurados para ligação à rede.

Cada computador tem um endereço IP (exemplo: IP 192.168.1.10 para o computador 1 e IP 192.168.1.11 para o computador 2, apenas o último dígito é diferente).

Cada computador deve ter a mesma máscara de sub-rede, neste caso 255.255.255.255.0.

Para verificar estes valores, em Windows:
Abrir o menu “Iniciar”, “Todos os Programas”, “Acessórios”, “Prompt de Comando” e depois digitar o comando: ipconfig

br>>p> Verificar a ligação entre um computador e o equipamento de comunicação:

Endereço IP do computador 1: 192.168.1.10

Endereço IP equipamento de comunicação: 192.168.1.11

Computador de teste de ligação 1 -> equipamento de comunicação:

Na mesma janela de comando, digite: ping 192.168.1.11

Se a ligação de rede estiver correcta deverá obter para o 1º teste, o ecrã abaixo:

MS-DOS, Comando de pronto a testar a comunicação com outra estação usando o comando ping'aide de la commande pingbr>

Para uma ligação correcta, encontrará os seguintes valores:
Pacotes: enviados =4, recebidos = 4, perdidos = 0 (0% perda)

Para uma ligação falhada, encontrará os seguintes valores:
Pacotes: enviado =4, recebido = 0, perdido = 4 (perda a 100%)

12. Trabalho Prático (PW) Tópicos:

MELEC PW de comissionamento da supervisão do Android para TGBT ligado'une supervision Android pour le TGBT connecté

Entrega ao cliente U32 Bac pro MELEC Comissionamento da supervisão do TGBT ligado.

TP MELEC comissionamento da rede informática da sala de reuniões da oficina'atelier

Entrega ao cliente Bac pro MELEC Comissionamento da rede informática da oficina.

Estudo do equipamento de comunicação (endereços IP/MAC) e pré-cablagem.
Desactivação, instalação de uma rede VDI de computador, telefonia e câmara IP. (versão 1) – (versão 2)
Estudo, realização e colocação em funcionamento de uma rede VDI informática.
Estudo sobre o funcionamento de uma rede VDI (regras gerais) , realização de um cabo recto (teste do cabo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *